Saltar a navegação

Mobilidade para a Aprendizagem

Esta ação é a Pele do Programa Erasmus+. É a ação da sensação, do sentimento, da vivência, do toque e da sensibilidade. Esta ação permitirá apoiar 3 tipos de projetos: intercâmbios, serviço voluntário europeu e formação e ligação em rede. Mobilidade

Ler Mais

Parcerias Estratégicas nos domínios da juventude

As Parcerias estratégicas visam apoiar o desenvolvimento, a transferência e/ou a aplicação de práticas inovadoras, bem como a execução de iniciativas conjuntas de promoção da cooperação, da aprendizagem interpares e dos intercâmbios de experiências a nível europeu.

Ler Mais

Apoio às reformas políticas

As atividades são lideradas por jovens; os jovens participantes devem estar ativamente envolvidos em todas as fases do projeto, desde a preparação até ao follow-up. Os princípios e as práticas de aprendizagem não-formal estão refletidos em todo o projeto de execução. As atividades seguintes não são elegíveis para subvenções ao abrigo do Diálogo Estruturado: reuniões estatutárias de organizações ou redes de organizações; eventos de influência política.

Ler Mais

Erasmus+ Desporto

Todas as candidaturas no âmbito do Desporto devem ser feitas diretamente à Agência Executiva, em Bruxelas. Podem ser conhecidas mais informações em ERASMUS+. As ações no domínio do desporto devem resultar no desenvolvimento da dimensão europeia do desporto mediante a criação, a partilha e a divulgação de experiências e de conhecimentos acerca de diferentes questões que afetam o desporto a nível europeu.

Ler Mais

Posso solicitar financiamento individualmente?

Não, com as novas orientações do programa, terá de vir de uma organização, em vez de um indivíduo. Mas há apoio a projetos específicos para o sector da juventude para permitir que os grupos informais de jovens se possam candidatar.

  • Não, com as novas orientações do programa, terá de vir de uma organização, em vez de um indivíduo. Mas há apoio a projetos específicos para o sector da juventude para permitir que os grupos informais de jovens se possam candidatar.
  • Neste caso em particular, a Suiça está equiparada a País Parceiro para algumas ações do Programa, como poderás verificar na nota de Comissão Europeia:


    \"Therefore, as foreseen in the Erasmus+ Regulation, until such an agreement is signed, Switzerland will not participate in Erasmus+ on an equal footing with Member States (i.e. as a \"Programme Country\") as initially envisaged, but will rather enjoy the same status as other third countries (i.e. as a \"Partner Country\"). Esta informação pode ser alterada a qualquer momento.

  • Sim. Cada ação chave tem a sua data de submissão de candidatura, que pode ou não ser coincidente com as outras.


    Podes saber as datas neste site, no menu principal - Como candidatar - e seguindo os passos de cada ação chave ou no Convite à Apresentação de Candidaturas 2015 do Programa Erasmus+.

  • Todos os projetos Erasmus + são cofinanciados, i.e., não são apoiados a 100% e é necessário que a organização tenha capacidade de suportar algumas despesas.


    Por isso, os candidatos devem demonstrar que têm reservas adequadas ou capacidade para fazer face a essas despesas e realizar o projeto com sucesso.

  • Os candidatos precisam demonstrar que possuem capacidade adequada para realizar os projetos Erasmus + JA com sucesso e geri-los de acordo com o acordo celebrado com a Agência Nacional e o Guia do Programa, publicado pela Comissão Europeia. A avaliação da capacidade de organização levará em consideração:


    • A gestão da organização (por exemplo, detalhes e funções dos funcionários envolvidos gestão da organização, incluindo detalhes de qualquer financiamento e apoio administrativo)


    • O seu passado histórico, se houver, na realização de projectos financiados pela Comissão Europeia


    • O número de funcionários e voluntários que estarão envolvidos na gestão do projeto


    • O acesso a redes de apoio (só para pequenos grupos)


    • Os resultados do acompanhamento anterior ou auditorias pela Agência Nacional.



    As informações acima são solicitados no formulário de inscrição on-line, mas, se necessário, informações adicionais podem ser solicitados.


    A Agência Nacional irá limitar o número de projetos vivos que uma organização gere a qualquer momento se houver provas suficientes da capacidade organizacional para os realizar com sucesso.